José Manuel Fernandes desafia: "Jovens devem assumir responsabilidade como protagonistas da União Europeia"

Comemorações do Dia da Europa levaram Eurodeputado José Manuel Fernandes a participar em sessões sobre a Europa com alunos de várias escolas

O Eurodeputado José Manuel Fernandes aponta a aposta em políticas de juventude como uma opção estratégica para a sustentabilidade da União Europeia.

No âmbito das comemorações do Dia da Europa, com atividades diversas nos concelhos de Braga, Guimarães e Vila Verde, José Manuel Fernandes vincou as iniciativas e os programas lançados com o objetivo de "incentivar o envolvimento dos jovens nas causas europeias", por forma a "garantir a consolidação e reforço do modelo de progresso social, económico e humanista que representa a UE no planeta".

"Neste mundo global e aberto, os jovens devem assumir a responsabilidade como protagonistas principais da experiência da integração europeia, a favor de valores fundamentais, como são a democracia e a liberdade, a defesa do ambiente, dos direitos sociais e da dignidade humana", defendeu José Manuel Fernandes.

O programa de ações dedicado ao Dia da Europa arrancou na quarta-feira em Guimarães (na EB 2,3 de Abação e na Profitecla). O 9 de Maio abriu com o hastear das bandeiras no Município de Vila Verde, ao início da manhã, com participação dos alunos da Escola Profissional Amar Terra Verde. Em Braga, na Escola Profssional EsproMinho, José Manuel Fernades foi convidado a partilhar informação sobre o presente e os desfios da UE. À tarde, tiveram lugar conferências sobre a Europa nas Escolas EB 2,3 de Pico de Regalados e Vila Verde.

Ao final da tarde de hoje, o Eurodeputado integra as cerimónias oficiais de comemoração do Dia da Europa que são organizadas em Braga pela Comissão Europeia, apadrinhadas pelo comissário para a Investigação, Ciência e Inovação, Carlos Moedas.

Mais investimento na juventude

Nas sessões com jovens e alunos, o Eurodeputado do PSD apresentou vários programas europeus que apoiam e incentivam a mobilidade, a formação, o empreendedorismo e também experiências profissionais para os jovens.

Como coordenador do PPE na comissão dos orçamentos, José Manuel Fernandes revelou que, por proposta do Parlamento Europeu, o próximo Quadro Financeiro Plurianual para 2021-2027 ampliará "largamente a escala dos programas europeus" ao nível da educação e formação (Erasmus +), da oportunidade de primeiro emprego (rede Eures) e do voluntariado (o novo Corpo Europeu de Solidariedade).

Neste âmbito, defendeu ainda iniciativas destinadas à promoção do "empreendedorismo jovem", através da criação de linhas específicas nos programas de apoio ao investimento e da simplificação dos processos de candidatura.

No que toca ao Erasmus +, além da triplicação do financiamento global para 2021-2027, deve ser promovido "o acesso universal ao programa com a fixação de bolsas de mobilidade adequadas à situação social do beneficiário e ao custo de vida da região para que se desloca, eliminando as discriminações atualmente existentes".

Autor do projeto piloto que deu origem ao programa “O teu primeiro emprego Eures”, José Manuel Fernandes perspetiva o reforço de verbas para "permitir um acesso muito mais vasto a empregos, estágios e oportunidades de formação". Acresce ainda o programa “Garantia Jovem”, que deve ser "adaptado às novas realidades do mercado de trabalho".

O Eurodeputado valorizou ainda a criação do Corpo Europeu de Solidariedade - que permitirá que mais de 350.000 jovens prestem apoio a comunidades e a pessoas em situação de necessidade - e o DiscoverEU, que garante aos jovens uma experiência de mobilidade temporária beneficiando de bilhetes gratuitos de Interrail.