Quem Somos

Quem Somos

A delegação do PSD no Parlamento Europeu é composta por seis Eurodeputados eleitos no dia 26 de maio de 2019.
No Parlamento Europeu integra o Grupo do Partido Popular Europeu, família política a nível europeu de que o Partido Social Democrata faz parte.

Chefe da Delegação: Paulo Rangel
Tesoureiro: José Manuel Fernandes

Rede autárquica e contactos com o eleitorado

Paulo Rangel: Açores, Lisboa, Porto
Lídia Pereira: Coimbra, Leiria, Santarém
José Manuel Fernandes: Braga, Bragança, Viana do Castelo, Vila Real
Maria da Graça Carvalho: Algarve, Beja, Évora, Setúbal, Portalegre
Álvaro Amaro: Aveiro, Castelo Branco, Guarda, Viseu
Cláudia Monteiro de Aguiar: Madeira

 

 

Desde 1986 que o PSD apresenta uma lista às Eleições Europeias. Para a História ficam várias eleições, marcadas pelo debate de ideias, onde o PSD sempre se pautou pela defesa da União Europeia e dos seus valores, com um espirito construtivo e reformista.


Em 1986, os Deputados foram eleitos pela Assembleia da República de entre os Deputados nacionais. O PSD elegeu 10 (de um total de 24).

  • Francisco Pinto Balsemão (viria a renunciar e seria substituído por Rui Amaral)
  • Rui Almeida Mendes
  • Vasco Garcia (Açores)
  • Virgílio Pereira (Madeira)
  • António Lacerda de Queirós
  • Pedro Pinto (JSD)
  • Manuel Pereira
  • Fernando Condesso
  • José Silva Domingos
  • Rui Amaral (substituiu Francisco Balsemão)



Em 1987, realizaram-se as primeiras eleições intercalares: O PSD foi o partido mais votado com 37,41%. Elegeu 10 Deputados de um total de 24).

  • Pedro Santana Lopes
  • Rui Amaral (viria a ser Vice-Presidente do Parlamento Europeu)
  • Manuel Pereira
  • Carlos Pimenta
  • Vasco Garcia (Açores)
  • António Figueiredo Lopes
  • Virgílio Pereira (Madeira)
  • António Marques Mendes
  • Fernando Condesso
  • Pedro Pinto (JSD)



Em 1989, realizaram-se as primeiras eleições para uma legislatura europeia completa. O PSD foi, uma vez mais, o partido mais votado com 32,7%. Elegeu 9 Deputados (de um total de 24).

  • António Capucho (viria a ser Vice-Presidente do Parlamento Europeu)
  • Rui Amaral
  • Carlos Pimenta
  • Manuel Porto (viria a ser Questor do Parlamento Europeu)
  • António Marques Mendes
  • Margarida Salema
  • Mendes Bota
  • Virgílio Pereira (Madeira: viria a renunciar perto do fim do mandato para assumir funções como Presidente da Câmara do Funchal)
  • Vasco Garcia (Açores)
  • Carlos Coelho (JSD, substituiu Virgílio Pereira)



Em 1994, o PSD é ultrapassado pelo PS num empate técnico com 4 décimas de diferença (34,8% - 34,4%). O PSD elege apenas 9 Deputados (num total, agora, de 25).

  • Eurico de Melo
  • António Capucho (viria a ser Vice-Presidente do Parlamento Europeu, renuncia 9 meses antes do termo do mandato para re-assumir as funções de Secretário-Geral do PSD)
  • Arlindo Cunha
  • Francisco Lucas Pires (viria a ser Vice-Presidente do Parlamento Europeu)
  • Carlos Pimenta
  • Manuel Porto
  • Helena Vaz da Silva
  • Carlos Costa Neves (Açores)
  • Jorge Nélio Mendonça (Madeira)
  • Mendes Bota (substituiu Lucas Pires, entretanto falecido)
  • Carlos Coelho (JSD, substituiu António Capucho)



Em 1999, o PSD tem 31,1% e elege novamente 9 Deputados (num total de 25).

  • Pacheco Pereira (viria a ser Vice-Presidente do Parlamento Europeu)
  • Vasco Graça Moura
  • Teresa Almeida Garrett
  • Arlindo Cunha (renunciou para assumir funções como Presidente da CCDR - Norte)
  • Carlos Costa Neves (renunciou para assumir funções como Secretário de Estado dos Assuntos Europeus)
  • Sérgio Marques (Madeira)
  • Jorge Moreira da Silva (renunciou para assumir funções como Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Ciência e do Ensino Superior)
  • Carlos Coelho
  • Fernando Reis (renunciou para reassumir funções como Presidente da Câmara Municipal de Barcelos)
  • Regina Bastos (substituiu Fernando Reis)
  • Joaquim Piscarreta (substituiu Carlos Costa Neves)
  • João Gouveia (substituiu Arlindo Cunha)
  • Raquel Cardoso (substituiu Jorge Moreira da Silva)



Em 2004, o PSD concorreu em coligação com o CDS/PP na "FORÇA PORTUGAL", obtendo 33.2%. Num total de 24 Deputados, o PSD elegeu 7 e o CDS/PP elegeu 2.

  • João Deus Pinheiro
  • Vasco Graça Moura
  • Assunção Esteves
  • José Silva Peneda
  • Sérgio Marques (Madeira)
  • Duarte Freitas (Açores)
  • Carlos Coelho



Em 2009, o PSD teve  31.71 %. Num total de 22 Deputados, o PSD elegeu 8.

  • Paulo Rangel
  • Carlos Coelho
  • Maria da Graça Carvalho
  • Mário David
  • Nuno Teixeira (Madeira)
  • Maria do Céu Patrão Neves (Açores)
  • Regina Bastos
  • José Manuel Fernandes



Em 2014, o PSD concorreu em coligação com o CDS/PP na "ALIANÇA PORTUGAL", obtendo 27,71%. Num total de 21 Deputados, o PSD elegeu 6 e o CDS/PP elegeu 1.

  • Paulo Rangel
  • Fernando Ruas
  • Sofia Ribeiro (Açores)
  • Carlos Coelho
  • Cláudia Monteiro de Aguiar (Madeira)
  • José Manuel Fernandes



Em 2019, o PSD concorreu sob o lema “Marcar a Diferença” e ficou em segundo lugar com 21,94%. Assim sendo, o PSD elegeu 6 Deputados. 

  • Paulo Rangel
  • Lídia Pereira
  • José Manuel Fernandes
  • Maria Graça Carvalho
  • Álvaro Amaro
  • Cláudia Monteiro de Aguiar (Madeira)
Paulo Rangel
Lídia Pereira
José Manuel Fernandes
Maria Graça Carvalho
Álvaro Amaro
Cláudia Monteiro de Aguiar