Carlos Coelho:cidadãos europeus querem mais informação para as eleições europeias de 2014

Carlos Coelho:cidadãos europeus querem mais informação para as eleições europeias de 2014

O Parlamento Europeu aprovou hoje, em Estrasburgo, o relatório Duff sobre a melhoria da organização das eleições para o Parlamento Europeu em 2014, que contou com o apoio do Deputado Carlos Coelho.

 

 

No próximo ano teremos as primeiras eleições desde a entrada em vigor do Tratado de Lisboa, que reforçou a legitimidade democrática do processo de tomada de decisões da UE, conferindo mais poderes ao Parlamento Europeu e consolidando o seu papel como co-legislador e, ao mesmo tempo, procurou aproximar os cidadãos da União, nomeadamente através da introdução da iniciativa de cidadania.

 

Carlos Coelho afirmou, em Estrasburgo, ser "assim, essencial aumentar a transparência e aprofundar o debate em toda a UE, com vista a incentivar e facilitar a participação dos cidadãos nas eleições europeias de 2014".

 

De acordo com dados do Eurobarómetro, de 2012, mais de 80% dos cidadãos da UE afirmam que a sua motivação para votar nas eleições europeias aumentaria se recebessem mais informações sobre os programas e objectivos dos candidatos e dos partidos do Parlamento Europeu, sobre o impacto da UE nas suas vidas e sobre as próprias eleições.

 

Tendo estes factos em consideração o social-democrata apoiou as recomendações feitas no sentido da nomeação quer dos candidatos ao Parlamento Europeu (pelos Partidos políticos nacionais), quer dos candidatos à Presidência da Comissão (pelos partidos políticos europeus), dever ser feita com antecedência suficiente em relação à data das eleições, de forma a que estes possam preparar uma campanha vigorosa e eficaz, que contemple uma dimensão europeia da política" não deixando de ser "necessário aumentar a sensibilização dos cidadãos, mantendo-os informados, antes e durante a campanha eleitoral, nomeadamente através de campanhas de informação, utilização de tempos de antena e a organização de debates públicos, dando oportunidade aos cidadãos de fazerem ouvir a sua voz e as suas preocupações".

Paulo Rangel
Lídia Pereira
José Manuel Fernandes
Maria Graça Carvalho
Álvaro Amaro
Cláudia Monteiro de Aguiar